Bolsonaro veta PL que exigia psicologia e assistência social em escolas públicas

Justificativa do governo é de que o texto cria despesas ao Poder Executivo sem indicar uma fonte de receita

[Bolsonaro veta PL que exigia psicologia e assistência social em escolas públicas]
Foto : Valter Campanato/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues

O presidente Jair Bolsonaro vetou integralmente um projeto de lei que tornava obrigatória a prestação de serviços de psicologia e de serviço social nas redes públicas de educação básica.

A justificativa do governo para o veto, publicado no Diário Oficial da União de hoje (9), é de que o texto cria despesas ao Poder Executivo sem indicar uma fonte de receita. A Presidência da República diz ter ouvido os ministérios da Educação e da Saúde para decidir pelo veto à matéria.

Fonte: Metro 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *