O BLOG JIVANILDO BINA ENTREVISTA MANOEL BASILIO, PRESIDENTE DA COOCAI EM INHAMBUPE-BA

Por: Jivanildo Bina

 

Blog Jivanildo Bina: Quem é Manoel Basílio?

Manoel Basílio: Nasci em Salvador, filho do Sr. Basílio e D.
Maria, onde aprendi com eles a ter humildade e boa vontade.
Durante minha infância o lixão metropolitano de Salvador era
meu parque de diversão, lá tive a oportunidade de conhecer de
perto a lida dos catadores. Com isso me tornei militante pela
causa da coleta seletiva solidária como forma de inclusão social
das catadoras e catadores de materiais reutilizáveis e
recicláveis. Hoje sou formado como tecnólogo em gestão
ambiental pela UNOPAR e tive a oportunidade de ser o primeiro
catador no Brasil a ser contratado pelo poder público. Segundo
pesquisa feita na época nos órgãos responsáveis pelo setor da
reciclagem: Centro Empresarial para Reciclagem (CEMPRE) e o
Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis
(MNCR), hoje participo da diretoria executiva do Fórum Lixo
Cidadania Estadual, Complexo Cooperativo de Reciclagem da
Bahia, Rede Sócio Óleo Bahia e membro da diretoria executiva
do CODETER Litoral Norte e Agreste Baiano.


Blog Jivanildo BinaManoel Basílio, como surgiu à ideia de
criar a Associação de Catadores de Inhambupe (Coocai)?

Manoel Basílio: Através da iniciativa do ex-secretário municipal
de agricultura e meio ambiente, Nélio Costa na gestão do
prefeito Benoni. Nélio sonhava em implantar a coleta seletiva
com o objetivo de organizar os catadores de materiais
recicláveis no ideário do cooperativismo/associativismo. Foi
quando fui convidado para iniciar as atividades em Inhambupe,
quando atuei como coordenador de resíduos sólidos e coleta
seletiva.


Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio, quais foram as maiores
influências no início dessa luta?

Manoel Basílio: Além de Nélio, o vereador Uelson teve sua
participação motivacional, quando apresentei o programa de
coleta seletiva. Também não poderia esquecer do padre Elzo, ao
conhecer o programa, ele se encantou e logo fez diversas
abordagens nas missas alertando aos fiéis sobre a importância
da coleta seletiva. Outra figura importante foi o Sr. Vicente
Promicia da Empresa ITACITRUS, esse se tornou padrinho da
COOCAI e ajudou com fardamentos e EPI’S ( equipamentos de
proteção individual), além de contribuir com seus materiais
recicláveis. Esses foram fundamentais para o início desse
trabalho. Hoje graças a Deus, contamos com muito mais
parceiros: Padre Peixinho, o comercio e a população
inhambupense que abraçaram esse projeto com muito carinho.


Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio quais os objetivos hoje
dessa associação para Inhambupe e toda região onde tem
atuação?

Manoel Basílio: O principal objetivo da COOCAI é promover o
acesso das pessoas de baixa renda aos meios de produção e
renda, através da atividade de coleta seletiva e reciclagem,
visando sua organização social e econômica.


Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio quando você teve a ideia
de fundar uma associação imaginava que ela seria grande e
de tanto sucesso como ela é hoje na região?

 Manoel Basílio: Estamos longe ainda do sucesso, pois temos
muitas dificuldades, porém penso que qualquer atividade que
seja desenvolvida com seriedade, planejamento e metas, alcança
seu objetivo.


Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio como você analisa a
participação dos associados na COOCAI?

Manoel Basílio: Boa, porém as relações interpessoais dificultam
muito no seu desenvolvimento.

Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio  quais os fatores que
você apontaria para explicar o sucesso da COOCAI nesses
anos de existência?

Manoel Basílio: A busca permanente por parceiros, divulgação
do nosso trabalho, a luta pela sobrevivência da instituição, a
persistência em meio a tantas dificuldades e recomeçar sempre
que for necessário.


Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio essa associação já
prestou serviços a gestão municipal, no momento é outra
que esta prestando esse serviço. Como foi a experiência
dessa parceria junto a gestão do prefeito Nena?

Manoel Basílio: A COOCAI nunca prestou serviço diretamente à
gestão, foram contratadas duas associações, mas não a COOCAI.
Existe uma parceria com a atual, onde essa absorveu
individualmente os sócios da COOCAI. Todo apoio é bem vindo,
desde que não atrapalhe o trabalho que vem sendo desenvolvido
pela instituição.


Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio você tem conseguido
parcerias no setor privado aqui no município?

Manoel Basílio: Sim e a ITACITRUS é um exemplo, além de doar
seus resíduos recicláveis, também já contribuiu com manutenção
nos equipamentos da COOCAI. A COOPENER, e a CLARIN doam
seus resíduos recicláveis E não podemos esquecer que o comercio
também é um grande parceiro.

Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio em quais cidades da
região você possui parcerias?

Manoel Basílio: A parceria que a COOCAI tem com alguns
munícipios, aqui posso elencar: Aporá, Rio Real, Acajutiba,
Olindina, Alagoinhas, Sátiro Dias, entre outros É a troca de
experiências e motivação para implantação da coleta seletiva,
recebemos também doação de materiais recicláveis desses
parceiros.

Blog Jivanildo Bina: E quanto ao futuro, quais os planos
para a COOCAi?

Manoel Basílio: A COOCAI hoje está elaborando junto com a
Faculdade Santo Antônio e o colegiado do Conselho de
Desenvolvimento Territorial (CODETER) um projeto com o
objetivo de implantar coleta seletiva solidária no território
litoral norte agreste baiano, trazendo uma central de
valorização de materiais recicláveis. Mas para que isso
aconteça vai precisar de apoio do estado, dos município,
cooperativas/associações, onde todo território ganhará.

Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio qual é a maior
dificuldade em toda sua luta em defesa dos catadores e do
meio ambiente de Inhambupe e região?

Manoel Basílio: Bina minha vida nunca foi fácil, mas na minha
jornada de lida aprendi um lema no exército que diz: “O difícil
já foi feito, o impossível faz-se imediatamente, pois os
milagres demoram mais um pouco.” Isso me ajuda muito, mas
posso lhe dizer com pureza de alma, a falta de integração e
compromisso com as causas ambientais nos órgãos públicos,
nisso sinto dificuldades.

Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio diante das conquistas
alcançadas e de toda sua luta, qual a mensagem que você
deixa para os jovens e as famílias de Inhambupe que
possuem muitos talentos como você que abraçou um projeto
tão importante e vem transformando a vida das pessoas?

Manoel Basílio: Amigo tem uma fala do professor Marcilio do
PROGRAMA NINHO DE GÊNIO que diz: “A Cidade de Inhambupe
tem um marco divisor, o antes e o depois da COOCAI”, me
encantou! Em especial a juventude digo, busque o saber até o
infinito e nunca esqueça do caminho de Jesus Cristo! Agora para
a população inhambupense não tenho palavras para agradecer
verdadeiramente o programa de coleta seletiva solidária porta a
porta foi um verdadeiro sucesso.

Ressalto ainda as minhas

visitas a quase todos os colégios municipais e estaduais onde fui
muito bem recebido.
Graças a este envolvimento e compromisso popular, atingimos
parcialmente a nossa missão: Buscar a auto sustentabilidade dos
associados a partir da coleta seletiva de materiais recicláveis na
perspectiva da preservação ambiental, e almejamos ser
reconhecidos mundialmente como uma organização de agentes
ambientais que trabalham com materiais recicláveis, que se auto
ajudam e são autossustentáveis.
Hoje a COOCAI é reconhecida internacionalmente,
nacionalmente, estatualmente, territorialmente e porque não
dizer municipalmente graças a sensibilidade, mobilização e
educação do povo desta cidade. Meu muito obrigado! JUNTOS
SOMOS MAIS FORTES.

Blog Jivanildo Bina: Manoel Basílio por favor sinta-se a
vontade para suas considerações finais:

Manoel Basílio: Bina quero agradecer pela oportunidade e dizer
que temos muito a caminhar, gostaria de finalizar dizendo que o
dinheiro não é problema, mas a ganância, inveja e a maldade…
Por isso, devemos caminhar respeitando as diferenças e amando
ao próximo.
Que Deus nos livre de todo mal e nos conduza a vida eterna!
Amém.

Fotos: Manoel Basílio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *