11 perguntas que você sempre quis fazer para um ator pornô

A coluna entrevistou Rico Marlon, estrela de produções internacionais, que deu a letra sobre a nada mole vida de um ator desse segmento

Reprodução/InstagramREPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Ahistória de Rico Marlon poderia ser igual a de muitos brasileiros. Ele nasceu no Amazonas e, aos 17 anos, se mudou para o Rio de Janeiro em busca de melhores oportunidades de trabalho. E elas vieram, mas em uma área com a qual ele jamais imaginaria trabalhar: a indústria pornô.

Aos 26 anos, o jovem é uma das estrelas do Lucas Entertainment, um dos mais conhecidos estúdios de pornô gay dos Estados Unidos. Não bastasse, também faz sucesso nas redes sociais. No Instagram, é seguido por mais de 200 mil pessoas. Mesmo com alguns conteúdos censurados pela plataforma, consegue expor seu dia a dia.

No entanto, há detalhes que não chegam aos fãs. Quanto é o cachê? Há algum estimulante para gravar as cenas? E por quais situações mais engraçadas já passou durante as filmagens? O Metrópoles conversou com o profissional e, num jogo rápido, fez algumas perguntas ao astro.

Confira!

1 – É verdade que o sêmen usado é falso? Se sim, como conseguem um resultado tão realístico?

Nos filmes, às vezes usamos um lubrificante branco como esperma. Mas só quando o ator não consegue gozar!

2 – Vocês tomam algum remédio antes de gravar as cenas?

Sim, o famoso viagra. Ou aplicamos um medicamento com uma injeção de insulina, o Carveject.

3 – Quantos takes são necessários, geralmente?

Inúmeros, até que o diretor esteja satisfeito!

4 – Para as cenas de bareback (sexo sem camisinha), rola exame de DST?

Fazemos exames antes dos filmes. Sobre o bareback, os modelos conversam para decidir se fazem ou não.

5 – Já que seu trabalho é atuar em filmes pornôs, a que recorre na hora de se excitar?

Vejo vídeos no celular ou tento me lembrar de coisas que me dão tesão.

6 – Quantas cenas você grava por mês?

Gravo 10 filmes!

7 – Há um limite de sexo diário?

Não. É total sem limites.

8 – Como funcionam as diferenças salariais? É verdade que mulheres ganham mais?

Depende muito do tipo de contrato. Se o ator é exclusivo ou não exclusivo (sem contrato fixo). Não depende do sexo feminino ou masculino. Depende se o intérprete tem uma fama boa e se as pessoas gostam de vê-lo em ação!

9 – Geralmente, quanto é o cachê pago por produção?

Não podemos revelar exatamente, pois depende de cada produção. Mas, em média, filmes nacionais pagam de R$ 400 a R$ 3 mil. Já as gringas remuneram entre 500 euros a US$ 2 mil.

10 – Costumam seguir um roteiro ou é tudo na base do improviso?

Na grande maioria das vezes, não há improvisos. No entanto, às vezes acontece.

11 – Qual a situação mais engraçada que já aconteceu com você?

Já vi, em cena, ator defecar e fazer xixi, e até soltar pum – sem querer, é claro. Acontece devido às extensas horas de gravações e sexo duro.

Fonte: Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *