ENTREVISTA COM GRANDE POETA DE INHAMBUPE-BA ZEZINHO DE ESMERALDO

 

 Quem é Zezinho filho de  Esmeraldo conhecido também como grande Poeta de Inhambupe?

 

Nasci em 01/10/1967 na Rua Luiz Viana, filho de Esmeraldo Jose da Silva, uns dos grandes Poeta dessa terra, que deixou obras póstumas escritas num Livro, e de Eremita Maria de Souza Silva, inspiração do meu pai e uma grande mulher e mãe que nos deu seu amor e nos fez grandes na simplicidade do tratamento ao limiar da vida, sendo assim, me contemplando com  12 irmãos dentre eles grandes líderes Políticos, Escritores e Mestres da Educação, casado com Silene pai de dois filhos Francisco e Cecilia.  Tive uma infância onde muitos dessa terra me sacrificava de forma marginal e que ainda tentam de forma esdrúxula, porque essa sociedade que nos abraça também nos marginaliza, por não terem estudos elevados não sabem que a educação escolar se denota para refletir dentro de um homem condenado e marginalizado mais com coração limpo. Porém eu digo, dentro do contexto do lar que eu fui agraciado só refleti de mim coisas boas e bons exemplos para estes que não compreenderá o desflorar dos conhecimentos. A vida me ensinara o perdão, a bondade e o amor do berço onde nasci para que eu soubesse lidar com as pressões que não direi os nomes mas que abraço com palavras, estou seguindo minha estrada e, grandioso irmão, mesmo sabendo que estão em meu caminho, sigo pela razão do viver de cada um e sigo também a razão do berço da criação, formação, perdão, respeito e luz.

Pergunta do Blog Jivanildo Bina: No dia 06 de agosto, Inhambupe completou 122 anos de emancipação política. Em sua opinião quais os avanços que Inhambupe teve?

Respostas: Inhambupe tem como luz a Divindade do mestre Jesus, por isso que tem a festa do Divino Espirito Santo, somos agraciados com essa divindade da pomba do Divino Espirito Santo. Falando em desenvolvimentos, no período de 1978 a 2002 tivemos desenvolvimento sim em nossa Cidade, porém, vivemos esses últimos anos em um Jurassic Park e vendo tudo isso tenho chorado, vendo meus lindos jovens sendo latrocinados por alguns administradores que não souberam ouvir os clamores dos mesmos, fechando o cerco e deixando eles a mercê das drogas, deixando Empresa fecharem por impostos, extorquindo os  pais desse jovens não permitindo condições melhor para seus filhos. Já a atual gestão tenho visto que melhorou em várias coisas como, por exemplo, a saúde e mais algumas áreas. Mas, quero dizer apenas que para o futuro não podemos dizer muito, mas podemos clamar um abraço dessa sociedade que mencionei acima.

Enquanto os poderes Políticos forem adquiridos através das condições financeiras não acharemos um caminho melhor para nossos jovens e nem para o povo, porque a sociedade, ela é uma minoria cheia de hipocrisia com vistas em seus  próprios benefícios, e nossa terra ainda precisa buscar sua civilização política, e não fazer coloios políticos em benefícios próprios, assim eu digo em contesto Nacional, a política precisa ser regida para um benefício social, ou seja, para o bem, foi para isso que ela foi criada. Tenho dito que o maior político foi o Divino Espírito Santo – Jesus Cristo – quando houver isso, ai sim terá um povo digno de amor, respeito e andaremos sem falsa modesta e com respeito.

Pergunta do Blog Jivanildo Bina: Você como Poeta dessa Cidade o que o Departamento de Cultura Municipal tem feito nos últimos anos para manter vivos talentos como o seu e outros existente no Município?

 

Respostas: Sobre a cultura não tenho muito o que dizer e nem relatar porque a cultura é a envoltura de um todo relacionado ao encontro daquele que assumir ou assumira essa benfeitoria divina que é ser Secretário de Cultura indo da prosa ao verso e a literatura. Apesar de não mi sentir tão quão poeta, me refiro na forma de pensar, nunca fui agraciado e nem convidado para participar de eventos tal, quais já tiveram, apesar de eu morar muito longe do Centro de Convecções e Cultura (menos de 200 metros). Nossa cidade, já dizia Esmeraldo meu pai e Antônio de Maxi, que nessa terra tem grandes poetas, cordelistas e outras artes, mais são esquecidos, repito, por esse que se diz estudioso da cultura não esquecendo que poetas e cordelistas não precisa de diploma pois os cordelistas fazem de todos a sua enciclopédia e recita a vida

 

Pergunta do Blog Jivanildo Bina: O senhor além de um grande poeta é uma pessoa que tem visão política, qual a sua avaliação da conjuntura politica em Inhambupe e em todo o Brasil?

 

Respostas: Olha, em quanto o povo Brasileiro, pretos e brancos, forem escravos dos políticos que só pensam em barganhar, não teremos um pais digno para se viver, tenho dito que o pais que eu quero é um pais sem que se confrontem os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, e que a imprensa que esta sendo de grande benefício social, clamo e conclamo a vocês jornalistas, não deixem que os políticos de nosso pais continuei nos escravizando.

 

Pergunta do Blog Jivanildo Bina: Esse Blog tem conhecimento que há muitos artistas anônimos nesse município a fora que precisa de oportunidade para mostrar seus talentos e chegarem ao top, porém, por falta de apoio isso não acontece, o quê o senhor tem a dizer para todas essas pessoas talentosas, em especial às de famílias mais humildes?

 

Respostas: Acima, quando me perguntaste sobre a cultura eu quis dizer que não existem artista anônimos existem falta de interesse social por parte de quem de direto, vocês que estão nos seus anonimatos que desflorem o oculto que esta dentro de vocês para que lá fora sejam reconhecidos os seus desabrochar cultural, pois assim posso dizer por mim, por meu pai e Antônio de Pádua – meu irmão – que faz parte da Academia de letras de Barreiras e muitos outros.

 

Pergunta do Blog Jivanildo Bina: Esse Blog fez uma pesquisa sobre os poetas no município e na sondagem boca a boca entre alguns formadores de opiniões, representantes da imprensa local e outros seguimentos sociais, o Senhor se destacou. A que atribui todo esse carinho e reconhecimento?

 

Respostas: Diante de tudo, quero apenas dizer que talvez o povo da minha terra, essa luz que me inspira ao que a minha mente faz desse dito que tu me perguntasse, não me sinto assim, mas, agradeço por saber que a sociedade no todo, pobre e rico, são meus legítimos inspiradores de prosa e verso onde ensinam-me a entender. Agora sinto-me virtuoso e abraçado pelo povo que sempre amei e deixo meu recado a essa terra e também sentindo preenchido meu coração pelo amor do meu povo e da minha terra. Vamos nos unir porque essa cidade precisa de paz, luz e amor e aos governantes que eles não deixem a cultura morre porque política também é Cultura venha de onde vier. Digo também que quando tudo isto for lido e refletido saberás que o povo unido jamais será vencido, peguem no meu braço, sintam-se abraçados e muito obrigado por terem me escolhido.

 

Pergunta do Blog Jivanildo Bina: Gostaria que o senhor expusesse alguns de seus Poemas para os leitores desse Blog?

 

Respostas: “Sei que o Senhor não nos faz feliz… mais Deus nos dar a compreensão… assim viajo no mundo em busca de amigos menos agressivos, então volvo ao meu eu e sinto a falta de tal medo de vida.”

 

“Velam seu corpo, exterminam-no, pagou a terra com a vida, a semente que plantara no vale do amanhecer esmoreceu-se mais no entanto es espirito eterno de luta…”

Chico Mendes

 

“Quero somente ver do mundo uma nova geração que seja cheia de ideias que àqueles que tenha pela sua vez a certeza de uma nova terra.”

 

Por favor, sinta-se à vontade para suas considerações finais:

 

Meu amigo Jivanildo Bina, dando-me a oportunidade de ser por homens rico sem precisar da riqueza material recebendo do céu a riqueza espiritual. Obrigado Jivanildo, essa sua nova missão está fazendo a diferença, sei da sua ousadia e de seu talento, não tenho dúvidas que vai longe em seus objetivos, parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *